Sexta, 21 de Junho de 2024
21°

Tempo limpo

Itapema, SC

Política Dança das cadeiras

Diogo Demarchi assumi a Saúde de SC, enquanto Carmen Zanotto foca na prefeitura de Lages

Com a exoneração de Carmen Zanotto, o cenário da eleição municipal de Lages começa a sedesenhar.

06/06/2024 às 15h36 Atualizada em 06/06/2024 às 16h10
Por: Cidade 104.1 Fonte: Secom
Compartilhe:
Roberto Zacarias/ Secom
Roberto Zacarias/ Secom

O governador Jorginho Mello nomeou nesta quarta-feira, 5, Diogo Demarchi Silva como o novo secretário de Estado da Saúde de Santa Catarina. Desde 2023, ele atuava como secretário adjunto da pasta e agora assume a missão de dar continuidade aos projetos existentes, ampliando o acesso, reduzindo o tempo de espera e encurtando distâncias para garantir que a população seja atendida com rapidez e eficácia.

Durante a coletiva de imprensa que marcou a transição da secretária Carmen Zanotto, Demarchi declarou seu compromisso em seguir as diretrizes do governo e ampliar os serviços de saúde.

“Santa Catarina é um estado pujante que merece, cada vez mais, uma saúde melhor. Avançamos bastante, mas ainda há muito o que se fazer, nosso objetivo é concretizar o que foi iniciado. Seguindo as orientações do governador Jorginho Mello em avançar nos projetos, atuando de maneira inovadora e entregando uma saúde de qualidade para a nossa população”, disse.

Nascido em Florianópolis, o atual secretário graduou-se em Redes de Computadores pela Faculdade Estácio de Sá. Possui especializações em Micropolítica do Trabalho e Gestão em Saúde pela Universidade Federal Fluminense, Informática em Saúde pelo Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa, Direito Sanitário pela Fundação Oswaldo Cruz e Saúde Digital pela Universidade Federal de Goiás. Atualmente está concluindo o mestrado em saúde coletiva pela Faculdade São Leopoldo Mandic.

Em 2008 passou em concurso público para a Prefeitura de Biguaçu, onde iniciou suas atividades na área da saúde pública. Na sequência, assumiu a gerência de planejamento da Secretaria de Estado de Saúde, em 2015. No ano seguinte, tornou-se coordenador técnico no Conselho de Secretarias Municipais do estado (Cosems/SC), onde atuou por três anos. Após este período, em 2019, foi convidado a trabalhar no Conselho Nacional de Secretarias Municipais (Conasems), em Brasília, permanecendo na entidade até julho de 2023.

Diogo Demarchi Silva assumiu o cargo de secretário adjunto em agosto de 2023 com a missão de apoiar a secretária organizando com planejamento, monitoramento e inovação, desde a atenção primária até os níveis de média e alta complexidade, abrangendo a melhoria da qualidade dos hospitais.

Exoneração e cenário em Lages

Foto - Facebook/Carmen Zanotto

 

O prazo para desincompatibilização de quem ocupa cargo se secretário encerra neste quinta-feira (06), de acordo com o calendário eleitoral de 2024. Com a exoneração de Carmen Zanotto, o cenário da eleição municipal de Lages começa a se desenhar.

Além dela, ex-prefeito Elizeu Mattos (MDB), e o promotor de Jutiça Lio Marin (União Brasil) já lançaram seus nomes para disputar o pleito. Esteúltimo deverá receber o apoio do PSD e PP, que atualmente governam o município.

Além disso, a Federação dos Partidos PT, PV e PC do B trabalha com o nome da petista Cláudia Bratti como pré-candidata a prefeitura. O Podemos, do deputado estadual Lucas Neves, também tem pré-candidatos a prefeito de Lages e poderá lançar nomes para a corrida eleitoral. Como isso, é possível que a eleição para o Paço Municipal tenha quatro a cinco chapas.

 

CONFIRA NOSSA PROGRAMAÇÃO AO VIVO

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.